Read more about the article Outras Metamorfoses
Narciso. Óleo sobre tela de Cossiers, Museu do Prado, Madrid.

Outras Metamorfoses

A Metamorfose, seja como termo, como conceito de transformação em processo, ou como exercício ecfrástico de diálogo com outras artes,…

Continuar lendoOutras Metamorfoses
Read more about the article Crianças
JS e seus 9 filhos em Araraquara, julho de 1965

Crianças

A propósito do 12 de outubro, o "Dia das Crianças" no Brasil, uma breve antologia de poemas que têm nos…

Continuar lendoCrianças
Read more about the article Como se morre?
"A Morta", Rembrandt. Musée National d'Art Ancien, Bruxelas.

Como se morre?

Ante a perplexidade do "memento mori", alguns poemas senianos em torno da Morte. Em áudio Jorge de Sena lê o poema "Requiem de Mozart".

Continuar lendoComo se morre?
Read more about the article Eu e a morte
Placa na campa do Calvary Cemetery, em Santa Barbara, transferida para o jazigo do Cemitério dos Prazeres, em Lisboa, em setembro de 2009

Eu e a morte

A 4 de junho de cada ano, quando se cumprem anos sobre o falecimento de Jorge de Sena, recordamos alguns…

Continuar lendoEu e a morte

Perseguição

1942 foi uma data de primícias editoriais para Jorge de Sena. Dentre elas, seu primeiro livro de poemas, Perseguição, editado…

Continuar lendoPerseguição

"Pot-Pourri Final"

<br />   “Pot-Pourri” Final Chegou e disse: – Caríssimo! – Carissimus, carissimi, compositor de opereta para violoncelo de igreja.…

Continuar lendo"Pot-Pourri Final"

31 de Dezembro

O último dia do ano não foi particularmente inspirador para Jorge de Sena. Segundo os indispensáveis Índices, organizados por Mécia,…

Continuar lendo31 de Dezembro

Vilancetes

Forma poética comum no Renascimento Ibérico, o vilancete é um poema construído em medida velha e a partir de um…

Continuar lendoVilancetes

Cinema e poesia

Os poemas cinematográficos de Jorge de Sena. Em vídeo: o Encouraçado Potemkin (na íntegra, com legendas em inglês) e a dança de Zorba, o Grego.

Continuar lendoCinema e poesia