Jorge de Sena, tradutor

condicao+humana* 1953O Fim da Aventura [The End of the Affair], de Graham Greene.

* 1954 A Casa de Jalna [The Building of Jalna], de Mazo de La Roche.

* 1954 Fiesta [The Sun Also Rises], de Ernest Hemingway.

* 1954 Um rapaz da Geórgia [Georgia Boy], de Erskine Caldwell.

* 1955 Oriente-Expresso [Stamboul Train], de Graham Greene.

* 1956 O Velho e o Mar [The Old Man and the Sea], de Ernest Hemingway.

* 1958 A Abadia do Pesadelo [Nightmare Abbey], de Thomas Love Peacock.

* 1958A Condição Humana [La Condition humaine], de André Malraux.

* 1960 As Revelações da Morte [Les Revelations de la mort], de Léon Chestov.

* 1960História da Literatura Inglesa, de A. C. Ward. Revisão da tradução (de Rogério Fernandes), tradução, notas, prefácio e aditamentos (“Antes e Depois de Ward”).

* 1961 Palmeiras Bravas [The Wild Palms], de William Faulkner.

* 197090 e Mais Quatro Poemas de Constantino Cavafy. Tradução, prefácio, comentários e notas.

* 1971-72Poesia de 26 Séculos: I – De Arquíloco a Calderón; II – De Bashô a Nietzsche. Tradução, prefácio e notas.

* 1978 Poesia do Século XX: De Thomas Hardy a C. V. Cattaneo. Tradução, prefácio e notas.

* 1979 80 Poemas de Emily Dickinson. Tradução e apresentação.

* 1992Jornada para a Noite [Long Day’s Journey into Night], de Eugene O’Neill.