Filmografia: a vida e a ficção senianas levadas às telas

Deixando de lado inúmeros “clips” do Youtube, videos (como “JS reads his poems“) e documentários televisivos (como o da série “Grandes Livros” dedicado ao romance Sinais de Fogo) que já integram os arquivos deste site, listamos abaixo os filmes relativos a Jorge de Sena que ganharam os ecrãs de cinemas ou cinematecas. Sem dúvida, um saldo muito positivo na abordagem audiovisual do autor e de sua obra — variados testemunhos expressos na linguagem da sétima arte.

 

SINAIS DE VIDA

Sinopse: Interessado pela obra de Jorge de Sena, Luís Filipe Rocha dedica dois anos (1982-1984) à preparação de Sinais de Vida — Breve Sumário da Vida e da Obra de Jorge de Sena, uma viagem pelos temas da obra do autor, nas áreas da poesia, da ficção e do teatro.

Ficha Técnica:
Realização: Luís Filipe Rocha
Roteiro: Luís Filipe Rocha
Produtor: Henrique Espírito Santo
Fotografia: João Abel Aboim
Edição: Ana Luísa Guimarães e Luís Filipe Rocha
Som: Carlos Alberto Lopes
Ano: 1984
Gênero: Documentário
Duração: 75’

Participações:
Luís Miguel Cintra
Clara Joana
Costa Ferreira
Lucinda Loureiro
José Wallenstein
São José Lapa
Pedro Wilson
Tiago Henriques
Mécia de Sena

 

OS SALTEADORES

Sinopse: Dentro de um carro, numa viajem à noite ao longo da costa portuguesa, nos anos 50, ouve-se uma discussão sobre a identidade de um grupo de homens, capturados e mortos há alguns anos no decorrer da guerra civil espanhola. (Abaixo integralmente reproduzido)

Ficha Técnica:
Realização: Abi Feijó
Roteiro: Abi Feijó, Sérgio Andrade
Produtor: Jorge Neves, Filmógrafo
Fotografia: Martin Koscielniak, Pedro Serrazina
Música: Tentúgal
Animação: Filmógrafo
Técnica de animação: desenho em grafite
Ano: 1993
Gênero: Animação (Curta-metragem)
Duração: 14’

Vozes:
António Paulos
João Paulo Seara Cardoso
Jorge Mota
Raul Constante Pereira

 


SINAIS DE FOGO

Sinopse: Portugal, Julho 1936. A ditadura de Salazar está consolidada e controla totalmente o país.Um grupo de adolescentes passa as suas férias de Verão na Figueira da Foz. Do outro lado da fronteira começou aGuerra Civil da Espanha e, apesar da distância, a sua violência vai repercutir-se na vida destes jovens, lançados num turbilhão de intrigas políticas e paixões desencontradas que marcará tragicamente a sua passagem à idade adulta.

Ficha Técnica:
Realização: Luís Filipe Rocha
Argumento: Luís Filipe Rocha e Izaías Almada
Produtor: Tino Navarro
Música: Enrique X. Macías
Ano: 1995
Género: Romance, Drama
Duração: 101’

Elenco:
Diogo Infante (Jorge)
Ruth Gabriel (Mercedes)
Marcantonio Del Carlo (Ramos)
José Airosa (Rodrigues)
Rogério Samora (Almeida)
Henrique Viana (Tio)
Caroline Berg (Tia)
Manuel Pereiro (D. Juan)
Alberto Arizaga (D. Fernando)
Joaquim Leitão (Oficial do Partido)
Álvaro Correia (Matos)
Mário Redondo (Macedo)
Miguel Assis (Rufininho)
Glicínia Quartin (Mãe da Tia)
Cristina Carvalhal (Criada)

 

ERROS MEUS

Sinopse: Camões, na velhice, é um homem doente, sifilítico, praticamente incapaz de se movimentar, de tomar conta de si próprio, de suportar as dores que o achacam (é a mãe que cuida dele). Sofre da nostalgia da sua juventude e da debilidade física em que se encontra. Constantemente atormentado pelos credores, por gente que lhe encomenda trabalhos de que nem sempre gosta, mas que tem de aceitar por subsistência, perseguído pela loquacidade desconcertante da mãe, pela doença, pela recordação das venturas e deboches do passado, suporta e cala. Mas quando se encontra sozinho no silencio da noite, há uma voz sobrenatural que fala de dentro dele e dita imperiosamente. Adaptação do conto “Super flumina babylonis”, de Jorge de Sena.

Ficha Técnica:
Realização: Jorge Cramez
Argumento: Jorge Cramez
Fotografia: Mario Masini
Som: Pedro Melo e Branko Neskov
Edição: Pedro Marques
Ano: 2000
Género: Curta-metragem
Duração: 12’

Elenco:
Luís Miguel Cintra (Camões)
Isabel Ruth (Mãe)

 

O ESCRITOR PRODIGIOSO

Sinopse: Um documentário sobre o escritor português Jorge de Sena. Pela voz da sua mulher, Mécia de Sena, e na sua casa em Santa Bárbara, Califórnia, Estados Unidos da América, vai cruzar-se a sua vida de escritor, pai de família, professor e português exilado, com a obra que deixou, com as memórias do tempo em que viveu, memórias social, política, literária e familiar.
“O Escritor Prodigioso” é a procura de Jorge de Sena, um dos mais importantes poetas portugueses, trinta anos após a sua morte. Com este filme a realizadora busca os motivos pelos quais a voz do poeta nos chega, ainda hoje, forte, amargurada, afirmativa e de uma intensidade lírica única. Coma ajuda da sua mulher, Mécia, e de alguns dos seus amigos e companheiros políticos e literários, somos levados a perceber as razões pelas quais este poeta maior foi mal amado pelo seu país, sendo embora respeitado e temido.

Ficha Técnica:
Realização: Joana Pontes
Produção: Laranja Azul
Ano: 2005
Gênero: Documentário
Duração: 62’

Participações:
Mécia de Sena
Fernando Lemos
Helder Macedo
José Saraamgo
José Augusto França
Eduardo Lourenço
João Bénard da Costa