Entrevistas

entrevistaEstão aqui listadas, em ordem cronológica, as entrevistas (editadas) de Jorge de Sena a diversos interlocutores, em Portugal, no Brasil e pelo mundo:

1) “Três perguntas e três respostas: uma entrevista com o poeta Jorge de Sena.” Entrevista a Vasco Miranda. Império 45/46. Jan./Fev. de 1955. Reproduzida em Diário do Norte, 6/03/1958. Reproduzida parcialmente em “Porque acima de tudo… (duas entrevistas, à guisa de Epílogo)”, O Reino da Estupidez (1961; 3a.ed., 1984, p. 161-163)

2) “‘Cultura é livre discussão e esclarecimento e conquista pessoal da liberdade de reflexão e expressão’ – Diz-nos o engenheiro Jorge de Sena, notável poeta e crítico literário”. Entrevista. República, 18/07/1956. p.1-2. Reproduzida parcialmente em “Porque acima de tudo… (duas entrevistas, à guisa de Epílogo)”, O Reino da Estupidez (1961; 3a.ed., 1984, p. 161-163)

3) “Aspectos da literatura actual: conversando com o poeta Jorge de Sena”. Entrevista. República, 23/10/1958. p.1-2.

4) “Jorge de Sena não crê em poesia concreta, só nos concretistas”. Entrevista a Paulo Carvalho. Tribuna da Imprensa, 26/09/1959

5) “Jorge de Sena (crítico e poeta) no Brasil”. Entrevista. Jornal de Letras, nov. de 1959. p. 8. Reproduzido parcialmente, como “Jorge de Sena no Brasil”, em Correio do Ceará, 18/11/1959.

6) “Sobre ‘teatro de vanguarda’”. Entrevista à Radio Difusora de Assis. São Paulo, 13/04/1960. Reproduzido em Do teatro em Portugal (1989, p. 387-388)

7) “Conversa com o escritor”. Entrevista a Laís Corrêa de Araújo. Estado de Minas, 27/08/1961. p. 3-4.

8) “Uma escola de liberdade e dignidade: Jorge de Sena fala sobre literatura inglesa”. Entrevista. Notícias literárias 14, julho de 1963.

9) “A Lírica de Camões será reeditada em novas bases pelo escritor Jorge de Sena”. Entrevista a Alexandre Eulalio. O Globo, 16/02/1965. p. 9

10) “Falando com Jorge de Sena”. Entrevista a Arnaldo Saraiva. Jorge de Sena. Número especial de O Tempo e o Modo, 59 (abril de 1968). p. 409-430. Reproduzido como “Jorge de Sena”, em Encontros des encontros, de Arnaldo Saraiva (Porto: Paisagem, 1973. p.47-74). Reproduzida parcialmente em Versos e alguma prosa de Jorge de Sena, edição de Eugénio Lisboa (Lisboa: Arcádia; Moraes, 1979. p. 137-144).

11) “Diálogo com Jorge de Sena”. Entrevista a Mário Alexandre. República, 31/12/1968.

12) “Camões é, para mim, um dos raros poetas portugueses que ainda estão vivos”. Entrevista a Nuno Rocha. Diário Popular, suplemento Quinta-feira à tarde, 02/01/1969. Reproduzido em O jornalismo como romance: pessoas e paisagens, de Nuno Rocha (Lisboa: Nova Nórdica, 1983. p. 35-39).

13) “Encontro de Óscar Lopes com Jorge de Sena”. Entrevista a Óscar Lopes. Di%