De Jaime Conde (sobre o “Golpe da Sé”)

A bibliografia sobre a história recente de Portugal é parca em informações e comentários sobre a chamada “Conspiração da Sé”, ou “Golpe da Sé”, de março de 1959. Tentativa abortada de derrubar Salazar, congregou cerca de duas centenas de envolvidos, agindo em grupos diversificados. Dentre eles, Jorge de Sena, que pouco falou, ou escreveu, sobre o tema e cujo exílio brasileiro teria nesta frustrada ação a causa mais próxima.

Sem dúvida, constitui-se peça rara o testemunho de um participante ativíssimo — como se verá — na organização e execução de mais um sonho desfeito em apressar o fim do salazarismo em Portugal.

O essencial sobre Jaime Conde ele mesmo o diz no decorrer deste seu tripartido depoimento.