“Prêmio Jorge de Sena/2013” – Regulamento

unnamedREGULAMENTO

 

1.   Por iniciativa, e com o patrocínio, de mecenas anónimo, o CLEPUL, Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade  de  Lisboa,  através  da  sua  Área  1  –   Literatura  e  Cultura Portuguesas, atribui o Prémio Jorge de Sena – 2013, com o objectivo de homenagear o escritor maior que foi Jorge de Sena.

2.   O Prémio Jorge de Sena tem o valor de 5000 euros e distinguirá um ensaio literário publicado ou apresentado em 2013, ou uma realização de especial relevo no âmbito do estudo e projecção da obra do autor.

3.   O Prémio é destinado a monografias, éditas ou inéditas, em português, sobre a obra de Jorge de Sena ou a iniciativas no âmbito das novas tecnologias pretendendo dar a conhecer, de forma exigente e rigorosa, a personalidade do escritor.

4.   O prémio será atribuído a uma única realização e não ao eventual conjunto da obra do seu autor, não sendo admitidas a concurso obras póstumas.

5.   A  divulgação  deste  Regulamento  é  feita  através  dos  meios  de  comunicação social, nomeadamente o jornal JL, e instituições directamente interessadas, designadamente o CLEPUL.

6. De cada obra concorrente serão enviados, pelo autor ou pelo editor, cinco exemplares para a sede do CLEPUL: Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias, Faculdade de Letras de Letras da Universidade de Lisboa, Alameda da Universidade, 1600-214, Lisboa. Destinam-se elas ao Júri e à biblioteca do Centro, podendo ser entregues por correio ou em mão, até 15 de Maio de 2014. A candidatura de iniciativas online deve ser apresentada dentro do mesmo prazo para o endereço electrónico do CLEPUL.

7. Os concorrentes deverão enviar, junto à candidatura, os seus contactos, designadamente, morada, telefone ou telemóvel e endereço de e-mail.

8.  O Júri é composto pelas Professoras Margarida Braga Neves e Maria Isabel Rocheta e por mais uma personalidade de reconhecido mérito designada pela Área 1 do CLEPUL.

9.   Não podem ser membros do Júri ensaístas ou editores com obras a concurso.

10. O Júri disporá de 60 dias para deliberar, reunindo nesse período de tempo sempre que achar conveniente.

11. A deliberação é tomada por maioria ou unanimidade, excluindo-se sempre a posição de abstenção.

12. São excluídas as possibilidades de atribuição ex-aequo do Prémio Jorge de Sena e de menções honrosas

13. O Prémio não será atribuído se o Júri entender que nenhuma das obras a concurso o justifica.

14. O Júri lavrará uma acta dos seus trabalhos e da sua decisão não cabe recurso.

15. Incumbe ao Júri regular a matéria omissa neste Regulamento.

16. A  decisão  da  atribuição  do  Prémio  será  transmitida  à  comunicação  social, nomeadamente aos jornais Público, Expresso e JL, indicando-se a data e as circunstâncias em que ocorrerá a cerimónia pública de entrega do Prémio ao galardoado.