O mais novo "Doutor em Jorge de Sena"

RGPL_15.jpg
Jorge Vaz de Carvalho no Real Gabinete Português de Leitura, 14/09/2010

Parabenizamos Jorge Vaz de Carvalho por se tornar o mais novo "doutor em Jorge de Sena", uma vez que, a 8 de março de 2010, defendeu na Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa de Lisboa sua tese de Doutoramento Sinais de Fogo, de Jorge de Sena: Uma poética da Formação, concluída em outubro de 2009, tendo Jorge Fazenda Lourenço como Orientador. Além deste, integraram o júri os Professores Manuel Braga da Cruz, Maria Filomena Molder (arguente), Margarida Braga Neves (arguente), Peter Hannenberg e Isabel Capeloa Gil, que lhe atribuíram a nota máxima — Summa cum Laude — por unanimidade e aclamação. A tese tem sua publicação em livro prevista para janeiro de 2011, pela Assírio & Alvim, vindo a enriquecer a bibliografia crítica editada sobre Sena.
Já como "Professor Doutor", Jorge Vaz de Carvalho participou, no Rio de Janeiro, do Colóquio "O Atlântico como ponte: a Europa e o espaço lusófono", promovido pelo Polo de Pesquisa sobre Relações Luso-Brasileiras (PPRLB) do Real Gabinete Português de Leitura, de 13 a 17 de setembro. Em sessão plenária, expôs sua comunicação "Jorge de Sena: Paisagem e Humanismo", na qual focalizou as "ilhas" destacadas por Jorge de Sena em sua prosa ficcional, particularmente no conto «Duas Medalhas Imperiais com Atlântico».
Na FCH da Universidade Católica, além de docente e investigador no Centro de Estudos de Comunicação e Cultura, Jorge Vaz de Carvalho é o Diretor Científico da nova área de Estudos Artísticos — tudo isto, sem abandonar a música e a carreira operática que abraçou em 1984.